CIDADE VELHA DE SANTIAGO – CABO VERDE

Image and video hosting by TinyPic

No concelho da Ribeira Grande de Santiago, a 15 quilómetros a oeste da cidade da Praia, na costa da ilha de Santiago em Cabo Verde, encontramos mais uma das 7 maravilhas de origem portuguesa no mundo que tenho  vindo a apresentar aqui neste blogue: a Cidade Velha de Santiago.


Esta foi a primeira cidade construída pelos europeus em território a sul do Saara e constituiu a primeira capital de Cabo Verde, sendo, à época, chamada de Ribeira Grande. O seu nome foi mudado para evitar ambiguidade com outra povoação de outra ilha com o mesmo nome.


Tendo nascido e crescido à conta do tráfico negreiro, a Cidade Velha teve um papel essencial no desenvolvimento do comércio mundial e da navegação de longo curso, servindo como local de aprovisionamento de navios e comércio de escravos.


Este serviu também de ponto de paragem de dois grandes navegadores: Vasco da Gama, em 1497, a caminho da Índia, e Cristóvão Colombo, em 1498, na sua terceira viagem para as Américas.


Em 1520 foi erguido o primeiro pelourinho da ilha, que é hoje um dos monumentos mais importantes da cidade velha. Era aqui que os escravos e os considerados marginais eram açoitados.

 

Também aqui encontramos a mais antiga igreja colonial do mundo: construída em 1495, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário é um importante testemunho do estilo manuelino. Nesta igreja pregou o Padre António Vieira, em 1652, de passagem para o Brasil, vindo de Portugal. Na altura, o que mais surpreendeu ao grande orador português foi o facto de ter encontrado clérigos e cónegos dotados de uma sabedoria, que segundo ele próprio, faziam inveja aos melhores do Reino.

 

A Rua Banana, que conduz à igreja, foi a primeira rua de urbanização portuguesa nos trópicos. Nesta rua moravam os grandes proprietários de terras de Santiago e de Fogo. Paralelas à Rua da Banana existiam duas outras ruas: a da Carreira e a de Nossa Sr.ª do Rosário, onde se encontra a igreja do mesmo nome, sede da congregação dos homens negros da cidade.


A Sé Catedral da cidade começou a ser construída em 1555, só tendo sido terminada em 1693, quando a cidade já tinha perdido muita da sua importância. Em 1712, foi brutalmente atacada por piratas, que a destruíram quase por completo.

Desta resta apenas parte da fachada do edifício. O último arco ruiu em 2002. Mesmo assim a Sé Catedral é um símbolo marcante da história de Cabo Verde e da mestiçagem. Foi a primeira Catedral a ser construída em África, e é ainda hoje a única Sé de Cabo Verde.


O Forte Real de São Filipe, que domina a cidade do alto de 120 metros, foi construído em 1590 para defender a colónia portuguesa dos ataques dos franceses e ingleses.

Este forte foi erguido no contexto da Dinastia Filipina, após os assaltos do corsário inglês Francis Drake em 1578 e em 17 de Novembro de 1585.

Em 1712 foi tomada de assalto por corsários franceses, sob o comando de Jacques Cassard, que, em seguida saquearam violentamente a cidade, incendiando-a. Foi reconstruído na segunda metade do século XVIII.

Sofreu intervenção de conservação e restauro entre 1968 e 1970, e mais recentemente, em 1999. Esta última registou-se no âmbito do plano de recuperação da Cidade Velha, por iniciativa do Ministério da Cultura de Cabo Verde, sob a coordenação do arquitecto português Siza Vieira.

 

Já o Convento de São Francisco, foi edificado em meados do século XVII, tendo constituído um local de culto e formação. Tal como a Sé Catedral, foi atacado e parcialmente destruído no ataque pirata de 1712.

É um dos mais belos edifícios da Ribeira Grande e de Cabo Verde. Situado no alto de uma ladeira, na zona setentrional do município, o Convento de São Francisco foi, durante muito tempo, um local de recolhimento para os frades capuchos.

É um óptimo espaço para meditar e desfrutar do silêncio. Data de 1640 e terá sido propriedade de uma mulher rica, natural de Santiago, chamada Joana Coelha.


No ano 2000, foi iniciado um trabalho de requalificação sob coordenação do arquitecto português Siza Vieira, com vista a preparar a candidatura desta cidade a Património Mundial da UNESCO, categoria que viria a alcançar no dia 26 de Junho de 2009 e que a Unesco justificou pelo facto desta ser “um testemunho da história da presença da Europa colonial em África e da história da escravatura". Também determinante foi o seu elevado interesse histórico e patrimonial, do qual se destacam o traçado das ruas, as "ruínas de duas igrejas, uma fortaleza real e uma praça com um pilar de mármore do século XVI", afirma o comité responsável por esta nomeação.


A Cidade Velha de Santiago é o primeiro local cabo-verdiano inscrito na lista de locais Património Mundial da UNESCO.

 

 

 

(Informações recolhidas na internet)

 

Esta entrada foi publicada em As 7 Maravilhas de origem portuguesa no mundo. ligação permanente.

4 respostas a CIDADE VELHA DE SANTIAGO – CABO VERDE

  1. Maria de diz:

    Li com atenção e gostei muito,Um bom e belo texto sobre Cabo Verde,bem elaborado,faz-nos bem visitar este espaço,saimos daqui com mais cultura e bem esclarecidos.Parabéns.Beijos da amigaMaria de Fátima

  2. Maria de diz:

    Querido amigo,como gostaria de deixar aqui uma flor para ti,com esta alteração que fizeram ao espaço não posso(porra)Que a nossa amizade não seja como a lua que apesar de linda às vezes muda de fase, mas que seja como o céu que apesar de lindo e infinito…Beijinhos da sempre amigaMaria de Fátima

  3. AldaizAzevedo diz:

    Olá amigoooooooo! Que bom que nos reencontramos aqui. Fico feliz. Ler os teus textos é conhecer mais de história. Conheci um pouco mais de Cabo Verde. Muito bom. Parabéns pelo blog.



    ☼☼
    ♥´¨)
    ¸.•´¸.•*´¨)¸•*¨)☼♥
    (¸.•´ (¸.•`
    __♥___(`*•.¸ (`*•.¸ ¸.•*´) ¸.•*´)♥
    ♥____..::¨`•.¸ …•¨~ALDAIZA~::..☼♥♥♥
    ______.(¸.•*(¸.•*´¨¨☼¨¨`*•.¸)*•.¸♥

    Uma semana de muita paz. Beijos

  4. AldaizAzevedo diz:

    “A vida é um milhão de novos começos movidos pelo desafio sempre novo de viver e fazer todo sonho brilhar.” Felicidades pelo seu aniversário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s